segunda-feira, 11 de agosto de 2008

A planta portuguesa "Salvia" ajuda a controlar o Alzheimer



Investigadores portugueses concluíram que extractos de uma espécie autóctone de salvia, muito presente nas serras d'Aire e Candeeiros, revelam um «enorme potencial» como terapia para melhorar capacidades cognitivas, funcionais e comportamentais em doentes com Alzheimer, escreve a Lusa.

«Vários extractos da espécie de salvia que estudamos provocam inibições bastante potentes de enzimas envolvidas na patologia de Alzheimer», disse Amélia Pilar Rauter, directora do Grupo de Química dos Glúcidos do Departamento de Química e Bioquímica da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, que lidera a investigação com Jorge Justino, presidente do Conselho Directivo da Escola Superior Agrária de Santarém (ESAS).

Falta agora transformar esses extractos em princípios activos que possam ser usados pela indústria farmacêutica, adiantou.

Para já, a investigação demonstrou a acção dos extractos desta espécie de salvia em duas enzimas que controlam a evolução da doença de Alzheimer, o que, segundo Jorge Justino, permitirá não curar mas controlar o desenvolvimento da patologia.

Baixo custo e ausência de toxicidade

Para os investigadores, o grande potencial da descoberta reside no seu baixo custo, na actividade biológica relevante e na ausência de toxicidade, frisando que até o comum chá desta planta pode ser usado como terapia na doença de Alzheimer.

«Vários extractos, incluindo a infusão em água (chá), mostraram capacidade para inibir as enzimas acetyl e butirilcholinesterase, envolvidas nas neurotransmissões cerebrais e responsáveis pela progressão da doença de Alzheimer», com a vantagem de os extractos bioactivos revelarem ausência de toxicidade, frisam os investigadores.

Jorge Justino afirmou que existem já no mercado alguns fármacos que inibem as duas enzimas envolvidas nas neurotransmissões cerebrais.

Contudo, os investigadores sublinham a «necessidade urgente» da descoberta de novas substâncias «mais eficientes e menos caras que as usadas actualmente».

Os primeiros estudos nesta planta iniciaram-se em 1992, num projecto que há um ano, publicados os primeiros resultados, conseguiu o apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e se encontra em fase de registo de patente.

Fonte da notícia: IOL Diário

Etiquetas: , , , , ,

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial


Programas e jogos para computador

Marradas com efeitos sonoros

 Precisa de um novo e-mail?

ZZN Account

Abra aqui a sua nova conta 

 

OS NOSSOS BLOGS:

Notícias da Ilha Graciosa
Galeriacores cartoon humor

 

Lots of info for tourists who want to visit Azores

Lista de Links

Capela Virtual da Galeriacores

Notícias dos Açores



Fotogalerias dos Açores


Programas e jogos para computador

Alguns canais portugueses da TV Online: RTP, RTP 1, RTP África, RTP Directo, RTP Mobile, RTPN, TV SUL, TV Ciência, TV Cristo Vive, TV Horizonte, TV Net etc...



Newsfeed

Gardening Newsfeed Fresh Content.net

Google




Curiosidades
TV grátis via Satélite
Satellite free TV
Desgarradas pela Internet
O mundo da música grátis
Plantas Milagrosas
Saúde e dietas
Galeriacores cartoon humor